AÉCIO NEVES PRESIDENTE: Fim do voto secreto aprovado pelo senado

aecio neves presidente

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou hoje uma proposta de emenda constitucional que pretende acabar com o voto secreto na maioria das votações do Congresso. O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), não concorda com o projeto. “Preservar o voto secreto na derrubada de veto presidencial é preservar o Parlamento das pressões do poder Executivo, porque, com o voto aberto, com a maioria grande que o governo tem, é muito difícil de ser derrubado (o veto). Então, em todos os outros casos, o voto tem que ser secreto”, disse o tucano.

O texto, apresentado no mês abril, pelo senador Paulo Paim (PT-RS), permite que todos saibam como os parlamentares votaram nas seguintes hipóteses: impeachment de presidentes da República, indicações de autoridades e de chefes de missões diplomáticas; exoneração do procurador-geral da República antes do fim do mandato; apreciação de vetos presidenciais a projetos aprovados pelo Congresso.

 Como a PEC não fala sobre a votação secreta para a eleição dos presidentes do Senado e das comissões temáticas, matéria que consta do regimento interno da Casa, o senador Pedro Taques (PDT-MT) pediu a aprovação de um projeto de resolução de autoria dele, a fim de acabar também com essas modalidades de votação secreta. Mas o pedido ainda não foi apreciado.

 

Tags: , , , , , , ,

Deixe aqui sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: